Vila Flor - Locais a visitar

Publicado em domingo, 14 fevereiro 2016, 16:48

Locais a visitar em Vila Flor - Arco Nabo

 

  

vilaflor01

Fonte do Olmo

 

vilaflor01 

Monte de Nossa Senhora da Lapa

No campo paisagístico há a salientar o Monte de Nossa Senhora da Lapa, de onde se obtém uma surpreendente panorâmica e que é o orgulho dos vilaflorenses, já que foi palco de obras de embelezamento recentemente. Um calcetamento condigno, um parque de merendas, uma boa iluminação e um parque infantil, fazem dele um local digno de visita.

 

vilaflor01 

Complexo Turístico do Peneireiro

O Complexo Turístico do Peneireiro, onde está incluído o parque de campismo, a piscina municipal, o parque de merendas, o circuito de manutenção e um pequeno zoo, são também pontos de referência. Enquadrado por uma paisagem lúdica de fraguedos e floresta, em que sobressaem os pinheiros e carvalhos, salpicados aqui e ali pelos giestais, urze e rosmaninho, dão-lhe um colorido e odor tão característico. Nesta zona existe ainda a barragem do peneireiro, que abastece de água quase todo o concelho.

 

vilaflor01 

Capela de Santa Luzia

A Capela de Santa Luzia foi mesquita árabe, serviu de templo quando a Igreja Matriz Ruiu. Foi renovada em meados do séc. XX e, mais recentemente foi alvo de nova intervenção, quer na própria capela, quer no bonito jardim que a rodeia. Em tempos, no mesmo local onde se encontra a capela, funcionou uma escola primária.

 

vilaflor01 

Centro Cultural de Vila Flor

No que concerne à cultura, é de assinalar o Centro Cultural de Vila Flor, que confere à freguesia e ao concelho uma situação privilegiada em termos de acolhimento de actividades culturais muito diversificadas ao longo do ano. De salientar que nestas instalações se pode também assistir a sessões de cinema regulares

  

vilaflor01 

Câmara Municipal

O edifício da Câmara Municipal, construído por volta de 1940, situa-se na Av. Marechal Carmona, avenida principal da vila. Neste local pode ver-se o Centro Cultural, diversas esplanadas e é ainda um local onde muitos vilaflorenses passeiam, especialmente nas agradáveis noites de verão.

 

vilaflor01 

Largo do Rossio

Perto do centro histórico da freguesia, encontra-se o Largo do Rossio, onde podem ver-se alguns solares brasonados, a Igreja da Misericórdia e ainda o poço no centro da praça, que data de 1861 e, depois de alguns anos “escondido” foi recolocado em 1999, dado que o espaço teve obras de remodelação.

 

vilaflor01 

Igreja da Misericórdia

A Igreja da Misericórdia situa-se no Largo do Rossio. No local onde existe agora esta igreja parece ter existido, quase desde o tempo da fundação da vila, uma capela, construída não se sabe ao certo quando. Sabe-se que essa capela ruiu, tendo sido reconstruída e tendo ruído de novo em 1882. Ao que parece, em tempos antigos, os terrenos em que as sucessivas construções assentaram tinham demasiada água, tornando-se pouco estáveis. Presentemente, com a proliferação de furos para captação, essa característica terá desaparecido. Reconstruída e ampliada em 1895, tem recebido benfeitorias várias e serve o culto religioso do Concelho.

 

vilaflor01 

Igreja Matriz

A Igreja Matriz, dedicada a S. Bartolomeu - o padroeiro - foi edificada em substituição de uma anterior que em 1708 foi demolida, é essencialmente barroca, sendo os altares colaterais em talha dourado século XVII, trazidos da Falperra, em Braga. Possui um painel de Manuel de Moura, pintor vilaflorense do século XIX. No seu interior sobressai a Capela da Senhora da Piedade, onde estão sepultados os Condes de Sampaio - donatários de Vila Flor após D. João I - com o respectivo brasão, existem ainda peças de valor incalculável, algumas delas expostas já no Vaticano. Com "uma frontaria muito elegante e bem ornamentada", a igreja é, no seu conjunto, "uma das mais sumptuosas do distrito".

 

vilaflor01 

Museu Municipal

A Biblioteca e o Museu Municipal completam este bem, que é a cultura. Trata-se de um exemplar raro de habitação senhorial, actualmente transformado em Museu Municipal, é o Solar dos Aguillares, primeiros donatários de Vila Flor, do século XII/XIV, com as Armas Reais na fachada principal e a Flor de Lis na fachada poente. Este museu, nascido da paixão de Raul de Sá Correia por tudo o que dizia respeito à sua terra, é justo orgulho de Vila Flor e até do distrito, estamos em crer, pelas suas colecções de pintura, de arqueologia e etnografia, artesanato africano, arte sacra, numismática e medalhística. Já lá esteve instalada a câmara municipal, a repartição de finanças e o posto da guarda, sem nunca ter perdido a traça inicial. O seu recheio, oferta dos vilaflorenses ao longo dos anos, é hoje património do povo local, para que se mantenha vivo o seu "ontem", e as gerações vindouras saibam que Vila Flor tem um passado que é necessário preservar.

 

vilaflor01 

Rua Nova

A Rua Nova é uma das ruas mais antigas de Vila Flor, situando-se nas imediações do Arco de D. Dinis. Foi em tempos habitada pelos judeus, onde desenvolviam os seus negócios. Perto da Rua Nova, encontra-se a Rua do Saco, também muito antiga, onde podem ver-se algumas casas tradicionais. Ambas foram alvo de intervenção recente, quer a nível de iluminação quer do pavimento.

 

vilaflor01 

Arco de D. Dinis

Por ordem de D. Dinis é edificada, por altura da criação da vila, em seu redor uma cinta de muralhas com cinco portas em arco, restando apenas uma - a Porta sul ou Arco de D. Dinis, sendo hoje um dos símbolos de Vila Flor, tendo sido construída, às portas da freguesia, uma estátua em homenagem ao mesmo Rei.

 

vilaflor01 

Fonte Romana

Declarado imóvel de interesse público, que solicitará o interesse de qualquer visitante, é a famosa Fonte Romana, antiga Fonte do poço. É uma fonte quinhentista, com quatro pilares e seis colunas jónicas que suportam uma cúpula de tijolo.

 

Locais a visitar em Vila Flor - Arco Nabo

 

Visitas: 1257

Em linha

Temos 23 visitantes e 0 membros em linha